Pulso


Pulso

Espetáculo Teatral dirigido por Vanessa Bruno, Brasil, 2016

PULSO é uma pesquisa e criação teatral a partir da vida e obra do ícone da Poesia Confessional norte-americana, Sylvia Plath.

O espetáculo foi sendo construído a partir de indagações da diretora Vanessa Bruno à atriz Elisa Volpatto, que foi respondendo  cenicamente. Valendo-se de materiais como as biografias “A Mulher Calada”, de Janet Malcolm, e “Ísis Americana – A vida e a arte de Sylvia Plath”, de Carl Rollyson, “Os Diários de Sylvia Plath”, organizado por Karen V. Kukil e também o mais importante livro de poemas de Sylvia, “Ariel”, a atriz foi organizando a dramaturgia do espetáculo. A peça não se pretende linear, mas fragmentada e com lógica própria.

A linguagem cênica contemporânea articula-se com literatura poética na vida e obra de Sylvia Plath para a construção de um trabalho íntimo e delicado. O projeto, que teve início do ano de 2014, foi contemplado em 2015 pelo Programa Obras em Construção, da Casa das Caldeiras, quando pôde realizar uma Residência Artística no espaço e dar início à sua fase de finalização.

Em 2016, depois de ensaios abertos e sessões exclusivas, Pulso fez sua estreia em temporada em São Paulo no SESC Consolação.

 

Serviços realizados:

Sound Design, Música Original